SOBRE

Nascida na Terra Firme, bairro da periferia de Belém, AÍLA é um dos principais nomes contemporâneos da música produzida no Brasil. Com um timbre marcante e intensa personalidade no palco, ganhou destaque em 2012, com o álbum "Trelêlê", onde misturou a tradição popular musical do Pará com uma sonoridade mais contemporânea, flertando com o brega e a lambada. De lá pra cá, o lado ativista e inquieto de AÍLA tomou a frente do seu trabalho, chegaram os versos afiados e certeiros. Em 2016, lançou seu segundo álbum, "Em Cada Verso Um Contra-Ataque", pelo edital Natura Musical, com pegada artivista. No disco, ela discute temas urgentes, como feminismo e questões de gênero, e investe em uma sonoridade vibrante, que flerta com as distorções do rock e ao mesmo tempo com os beats eletrônicos, reflexo também da conexão Belém-São Paulo. Esse álbum rendeu indicações a prêmios importantes, como o de melhor clipe no WME Awards, com o vídeo Lesbigay, e deu também à artista projeção nacional e mais de 1 milhão de plays nas plataformas de streaming.

Seu show já passou por palcos emblemáticos, como Circo Voador (RJ), Festival Se Rasgum (PA) e Coala Festival (SP).

 

Em 2019, AÍLA inaugura uma nova fase na sua carreira, onde une a verve pop ao seu ativismo, uma imersão ainda maior nos ritmos periféricos do Brasil e do mundo. A nova série de singles tem seu marco inicial com “Treme Terra”, que também dá nome a sua nova turnê, e abre os caminhos para o recém lançado hit “Amor e Sacanagem” (2020), um feat. quente com a cantora potiguar Luísa Nascim, da banda Luísa e Os Alquimistas. Ambos os singles apontam o caminho do novo disco, com previsão de lançamento para 2021, e a vontade da artista de dialogar com outros Brasis, um mergulho na estética sonora pop e periférica.

  • Branca Ícone Spotify
  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • Branca ícone do YouTube

© 2020 Aíla